Faculdade Teológica das Assembléias de Deus

 
Não Perca!
 
Ver mais resumos de: Satanismo Na Igreja

CONCEITO GERAL DE HOMILÉTICA

O que é Homilética: Homilética é considerada a arte de pregar, ou seja, utilizar os princípios da retórica com a finalidade específica de falar sobre o conteúdo da Bíblia Sagrada Cristã.
Etimologicamente, homilética se originou a partir do grego Homiletikos, que por sua vez derivou de homilos, que significa “multidão” ou “assembleia do povo”. Este termo acabou por originar a palavra homilia, que quer dizer “discurso com a finalidade de agradar”.
No século XVll, o cristianismo se aproveitou das características básicas da retorica criada pelos gregos e levou para Igreja, dando o nome de homilética. Os estudos da homilética são acompanhados pelos teólogos, que apreendem a preparar e apresentar os sermões e pregações bíblicas de maneira mais eficaz e interessante para cativar o público. Quando aplicar corretamente, a homilética ajudar a trazer orientação ao Orador, que proporciona uma melhor compreensão do texto ao ouvinte. Aspecto, a homilética está intrinsecamente relacionada com o conceito da hermenêutica, que consiste na técnica de explicar e interpretar um texto ou discurso.
Atualmente, existem cursos e Workshops orientados exclusivamente para treinar os interessados a praticar a arte da homilética.
Significado Homilética esta na religião: conhecimento religioso (também chamado de conhecimento teológico) é todo conhecimento baseado em doutrina sagradas ou divinas. O conhecimento religioso é sustentado pela fé religiosa, ou seja, a crença de que todos os fenômenos acontecem pela vontade de entidades ou energias sobrenaturais, por este motivo, o conhecimento religioso apresenta explicações dogmáticas que não podem ser refutadas.
Ao redor do mundo, o conhecimento religioso é organização em diferentes religiões que possuem seus próprios conjuntos de crenças, rituais e códigos morais, a exemplo do Cristianismo, Islamismo, Hinduísmo, Judaísmo, etc.
A Homilética é ciência que ensina como preparar e comunicar sermões, a arte de pregar. A homilética é um instrumento que ajuda o pregador a organizar os pensamento de tal forma que facilita a exposição do sermão, porem de forma alguma anulará a inspiração do Espirito Santo.
A homilética envolve toda a pregação e a liturgia do culto. “O conhecimento da forma ao corpo do sermão, enquanto que a unção do espirito é a vida deste corpo” (2º Pe 3: 18).
É preciso atentar que pregar não é apenas fazer discurso, mas é falar em nome daquele que nos enviou – Deus (Is 52: 7; Rm 10: 15; 1º Co 1: 21;). O conceito bíblico de pregação é o anúncio das Boas Novas do Evangélico, para a proclamação do Kerigma, isto é da mensagem que deve ser obtida na dependência do Espirito Santo, sabendo-se que, quem prega fala da parte de Deus. Outra questão relevante refere-se à vida do pregador. Aquele que prega necessita que sua vida seja coerente com aquilo que ela fala. Segundo Josué Gonçalves “viver pregando e pregar vivendo”, as nossas atitudes dizem muito mais que nossa palavras. A credibilidade e a autoridade do pregador esta no viver o que prega e isto significa que primeiro a mensagem fez efeito na nossa vida e podemos falar com convicção, ser testemunha, oferecer algo provado e aprovado, caso contrário corremos o risco de agir com hipocrisia. Por exemplo, um pregador ministra sobre harmonia familiar e a palavra não condiz com sua vida pratica, corre o risco de ser desacreditado.
Além disso, para ser bem sucedido neste ministério é preciso ser chamado por Deus, isto é, vocacionado para esta obra (Ef 4: 11). “Ele mesmo deu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, outros para pastores e mestres (doutores)”. Todos os salvos foram chamados com uma vocação, porém existe a chamada especifica., para ser um bom obreiro é preciso compreender sua chamada e a sua vocação.
A prática do exercício da pregação exige sacrifício, tais como oração, estudo, dedicação, comunhão, entre outros. Devido este esforço muitos tem se acovardado e negligenciado a tarefa. Que Deus levante em nosso meio, homens e mulheres coma disposição do apóstolo Paulo, com intrepidez e compromisso. Assim sendo o Evangelho continuará transformando e abençoando vidas.

Autor: Leonardo Corrêa Fernandes
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Tweet

(Classificação Média 4 com base em 1 votos)

Ver mais resumos de: Satanismo Na Igreja

OUTROS RESUMOS DE

Veja abaixo outros resumos de .

RESUMO DE ADMINISTRAÇÃO ECLESIÁSTICA

O conceito geral de administração se resume em duas palavras: gerenciamento e organização.
Segundo os estudiosos Stoner e Feeman, Administração é o "processo de planejar, organizar, liderar
ver mais


Na realidade a homofobia é o nome dado ao comportamento que uma pessoa tem em relação a outra pelo fato de ser homossexual. Sentimento de aversão que faz com quem reprova tal pratica queira agredir fisicamente. É apenas um projeto de lei
ver mais


A ocupação do pastor é pregar a palavra com toda sua força, mesmo que para muitos lhes pareça loucura, foi essa a missão que Deus o designou. Por intermédio da explanação da palavra de Deus, pecadores se convertem e a mesma também
ver mais


A igreja modelo é a igreja que vive em santidade.
Deus não abençoa quem vive no pecado, "sede santos porque eu sou santo" (1 Pedro 1:16).
Jesus é o grande construtor da igreja, Somos iguais a Jesus quando nossas atitudes condizem com
ver mais


A palavra autoridade no grego, significa: direito de mandar (ecsusia).
Toda autoridade vem de Deus e Ele delega ao homem.
O diabo tendo usurpação de ser como Deus se rebela, dando inicio a origem ao pecado da rebelião.
Deus cria o homem,
ver mais


Veja todos os resumos de: Satanismo Na Igreja

 
 
 

Ver outros Alunos pela primeira letra do nome:




 
 
Dúvidas? Chame no Whats!