Faculdade Teológica das Assembléias de Deus

 
Não Perca!
 
Ver mais resumos de: Administracao Eclesiastica

Administração Eclesiástica

Tem como conceito geral o desempenho de tarefas do grupo e seus assuntos. Este conceito consiste no processo de planejar, organizar, liderar e controlar o trabalho dos membros da organização e de usar todos os recursos disponíveis para alcançar os objetivos definidos, segundo os estudiosos Stonner e Feemam.
Ela tem como origem desde o inicio dos primeiros grupos sociais a fim de estabelecer uma escala de comando cuja função é dirigir e gerir trabalhos coletivos. Por isso digo que a igreja é um agrupamento humano com objetivo a ser alcançado.
A administração se torna necessária desde muito cedo, pois se verificou ser impossível ao homem realizar a maioria das atividades que a sobrevivência lhe exigia sem auxilio de outras pessoas. Ela apareceu como ciência independente no final do século XIX.
Embora se adote alguns princípios de administração secular a igreja precisa ser norteada por outros princípios porque a sua corpolidade, organicidade, fraternidade, unicidade e consensualidade nascem, estruturam-se e perpetuam na regeneração em Cristo Jesus, o criador da comunhão dos santos.
O termo bíblico vem do grego OIKONOMOS que traduzido é mordomo, administrador, tesoureiro, curador e despenseiro. Já no latim o termo OECONOMIA de onde se deriva o vocábulo economia que tem haver com administrar uma casa.
Como despenseiro de Deus tem a responsabilidade de;
 Promover a pregação do evangelho da palavra.
 Batalhar pela preservação da palavra de Deus.
 Promover adoração a Deus conforme as escrituras sagradas.
 Prestar assistência aos ministros da igreja.
 Expressar a comunhão dos santos.
 Batalhar pela expansão da igreja.
 Fazer exercício da misericórdia.
Existem quatro aspectos da administração secular que são importantes para igreja;
 Planejar; estabelecer objetivos
 Organizar; coordenação de recursos
 Dirigir ou Liderar; formar, motivar e incentivar novos lideres
 Controle; dirigir e corrigir trabalhos feitos dentro da igreja
Administração do tempo e seus mitos;
 Quem administra o tempo torna-se escravo do relógio
 Só trabalha sob pressão
 Aplica-se apenas na vida profissional
 Vive sempre querendo ter mais tempo
Temos duas razoes importantes para administrar o tempo;
 Tempo é vida
 Tempo é dinheiro
Planejar, organizar, delegar, comunicar, tomar decisões e concentrar-se são importantes dicas para economizarmos tempo.


Autor: CLAUDEYR GREGÓRIO ALBERTO
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Tweet

(Classificação Média 4 com base em 1 votos)

Ver mais resumos de: Administracao Eclesiastica

OUTROS RESUMOS DE ADMINISTRAÇÃO ECLESIÁSTICA

Veja abaixo outros resumos de ADMINISTRAÇÃO ECLESIÁSTICA.

RESUMO DE ADMINISTRAÇÃO ECLESIÁSTICA

O conceito geral de administração se resume em duas palavras: gerenciamento e organização.
Segundo os estudiosos Stoner e Feeman, Administração é o "processo de planejar, organizar, liderar
ver mais


  Administração Eclesiástica

Conceito de Administração: 

A palavra “administração” tem origem no latim ad, que significa “direção” e minister,
ver mais


  Administração Eclesiástica

Conceito de Administração: 

A palavra “administração” tem origem no latim ad, que significa “direção” e minister,
ver mais


Resumo administração eclesiastica
ADMINISTRAÇÃO ECLESIASTICA
A igreja é, ao mesmo tempo, organização e organismo. É estrutura material ao mesmo tempo em que é organismo vivo. Trata de questões materiais, mas também de questões
ver mais


Resumo administração eclesiastica
ADMINISTRAÇÃO ECLESIASTICA
A igreja é, ao mesmo tempo, organização e organismo. É estrutura material ao mesmo tempo em que é organismo vivo. Trata de questões materiais, mas também de questões
ver mais


Veja todos os resumos de: Administracao Eclesiastica

 
 
 

Ver outros Alunos pela primeira letra do nome:




 
 
Dúvidas? Chame no Whats!